5 de março de 2021
As 7 melhores dicas de corrida para iniciantes

by:Caffeine Academy

O que você vai ler aqui:

A corrida é umas das atividades físicas mais acessível e simples de ser adaptada ao dia a dia. Isso porque é uma prática que não depende imprescindivelmente do uso de equipamentos e faz um bem enorme a saúde como um todo.

Seja ao ar livre ou na esteira ergométrica, correr uma das melhores formas de estimular a liberação de endorfinas na corrente sanguínea. O simples ato de se movimentar e estimular seus músculos promove uma rotina mais saudável, funcional e feliz.

Entre os benefícios da corrida estão:

  • Fortalecimento do sistema imune;
  • Combate ao envelhecimento precoce;
  • Diminuição do estresse;
  • Melhor desempenho cognitivo;
  • Aumento a autoestima.

Mas engana-se quem pensa que para começar a correr é preciso apenas calçar um tênis e sair por aí. Como toda atividade física, a iniciação da corrida também exige um certo preparo para que o desenvolvimento desse hábito seja construído de forma adequada, sem causar danos ao seu bem-estar. Confira!

7 dicas para começar a correr

Como citamos anteriormente, quem deseja começar a correr precisa de um preparo básico. Essas dicas para corredores iniciantes são essenciais para garantir uma atividade funcional, sem riscos à saúde ou condição física, assim como fará toda a diferença no seu desempenho gradual.

 

1. Realize um check-up

Saúde em primeiro lugar sempre!

Realizar uma avaliação médica de rotina é o ponta pé inicial para começar qualquer atividade física de maneira segura. O check-up atua de forma preventiva, auxiliando na detecção de possíveis alterações no organismo ou doenças.

Através de uma série de exames simples, será feita uma avaliação do seu estado de saúde de forma completa, emitindo também uma resposta quanto a permissão para dar início a corrida.

2. Não treine todos os dias

A corrida (mesmo quando feita de forma totalmente correta) causa micro lesões nos músculos e ossos. Embora, o músculo seja um tecido muito ativo, ele é susceptível a danos após trauma direto como começar a correr ou qualquer outra atividade física intensa.

Desta forma, é imprescindível dar ao seu corpo o descanso necessário para que ele consiga se autorecuperar dessas pequenas lesões e não ocasione traumas mais graves que possam impedir sua atividade física.

Sendo assim, iniciantes devem estabelecer uma meta para praticar a corrida de 2 a 3 vezes na semana, pois essa já é uma frequência ideal para quem está começando. Lembre-se que mais importante que a quantidade, é a consistência no objetivo.

3. Alterne corrida com caminhadas

Você está começando a correr agora, isso significa que não deve sentir a necessidade de se desgastar totalmente para realizar essa atividade. Uma dica preciosa nesse processo de adaptação ao exercício é alternar a corrida com caminhadas leves.

Além de melhorar o condicionamento de forma gradativa e diminuir o risco de lesões, com essa prática seu corpo vai se acostumando ao estimulo e criando maior resistência de forma gradual.

4. Não treine por km, treine por tempo

A prática da corrida está muito atrelada aos quilômetros percorridos, mas quando você é um iniciante na corrida, precisa se lembrar constantemente que não está disputando um pódio com absolutamente ninguém.

Não queria acompanhar o desempenho de outra pessoa que prática a corrida muito antes de você, pois o seu ritmo e processo de desenvolvimento é algo completamente individual.

Sendo assim, como comece a correr sozinho objetivando cumprir uma quantidade de tempo ao invés da distância que você deve percorrer. Estabeleça uma meta de 20 a 30 minutos, três dias por semana, em uma intensidade confortável para você, isso torna a atividade prazerosa e fica mais fácil de administrar seu estimulo diário.

5. Escolha o local correto

O piso (solo) em que você vai fazer o treino também é muito importante no processo de iniciação. Ao começar a correr na rua, alterne entre asfalto, grama e até na areia, assim seu corpo vai se adaptando a todos esses terrenos e você vai conquistar um fortalecimento diferente em cada um deles. Você também pode começar a correr na esteira, o mais importante é escolher a forma mais confortável para você manter o hábito da corrida.

6. Cuide da alimentação e hidratação

Nunca é demais ressaltar o quanto uma rotina alimentar equilibrada é fundamental para todos os campos da sua vida. Seja para o bom funcionamento do organismo, para melhor performance física ou melhora do desempenho mental, o que você come influencia seu ritmo em todas as atividades do dia a dia.

A alimentação para praticar corrida não é diferente. Nesse caso, também é preciso entender que a alimentação pré-treino atua como um combustível para seu corpo, por isso é recomendado escolher alimentos que promovem mais energia e disposição física, como o SuperCoffee.

E tão importante quanto a alimentação antes de correr, é a alimentação pós-treino, já que essa é responsável pela recuperação dos ossos e músculos. Assim, o ideal é evitar alimentos que aumentam a inflamação do corpo, como refrigerantes, ultraprocessados, glúten e frituras.

7. Busque um treinador especializado

Por fim, antes de começar a correr é recomendado buscar uma orientação profissional para melhor orientação e controle das cargas de treinamentos. Com um bom treinador, evita-se erros comuns cometidos por muitas pessoas que correm sem auxílio profissional, tais como:

  • Grandes cargas ainda no início da atividade;
  • Pouco tempo de descanso;
  • Ritmos não apropriados;
  • Tênis incorretos.

Com essas dicas fica claro que correr é uma das atividades mais básicas para agregar na sua rotina de alta performance. Para se tornar apto, basta tomar as decisões corretas durante o processo de iniciação e logo você será capaz de executar os movimentos precisos para “acelerar as passadas”.

E se quiser mais dicas sobre corridas para iniciantes, acompanhe nosso canal no YouTube e assista a playlist Running Time  produzida em parceria com especialistas no assunto.

Autor:
Caffeine Academy

Referências