13 de agosto de 2021
Desempenho cognitivo: o que é e como estimular suas habilidades

by:Caffeine Academy

Cada vez mais pessoas desejam aprimorar sua capacidade de atenção, concentração, raciocínio e produtividade durante as atividades que exigem um melhor desempenho cognitivo, como os estudos, trabalhos, treinos ou qualquer outra tarefa do dia a dia.

Logo, estamos falando sobre o constante desenvolvimento da capacidade de pensar, compreender e agir de maneira otimizada e eficiente. Isso porque, diferentes fatores como hábitos, estilo de vida, patologias e o envelhecimento, são capazes de afetar as funcionalidades do nosso cérebro, causando impacto em diferentes áreas da vida. 

Cada indivíduo tem um perfil cognitivo particular, seguindo seu próprio conjunto de padrões na captação e processamento de informações, mas existem alguns estímulos que podem nos ajudar a aumentar a performance mental, além de prevenir a deterioração e até mesmo melhorar outras capacidades mentais. 

Continue lendo para entender o conceito de desempenho cognitivo e como ele pode ser treinado para oferecer mais eficiência na sua rotina.

Desempenho cognitivo: o que é?

A cognição é a base da inteligência, bem como, o meio pelo qual ocorre a simbiose da comunicação neural. Assim, desempenho cognitivo refere-se à obtenção do funcionamento ideal e eficaz das capacidades cognitivas e funções executivas de cada pessoa, visando atingir a máxima performance da memória, velocidade de processamento e tomada de decisões, por exemplo.

Porém, diante de tantas informações às quais somos expostos diariamente, é praticamente impossível esvaziar as nossas mentes e ou se concentrar apenas em uma coisa. Por isso, manter a performance cognitiva elevada é uma ótima estratégia para quem deseja melhorar a produtividade ou se ajustar facilmente às altas demandas do ritmo de vida atual.

Assim como o nosso corpo, o nosso cérebro também precisa de cuidados diários e estímulos para se manter saudável e melhorar a nossa aptidão em relação à atenção, memória verbal e espacial, linguagem, inteligência, estado de humor e mais.

O que é estímulo cognitivo?

 

Primeiro, é preciso entender que função cognitiva trata sobre a capacidade neurológica de perceber, se ater, memorizar, pensar, raciocinar, classificar, associar, abstrair, criar, etc. Assim, o estímulo cognitivo pode ser entendido como o conjunto de técnicas e estratégias voltadas para a eficácia e potencialização das capacidades cognitivas por meio de atividades que produzem mudanças no cérebro.

O estímulo das funções cognitivas é capaz de melhorar o desempenho de determinadas funções executivas como memória operacional, atenção e concentração. Além disso, uma pesquisa realizada com idosos (acima de 65 anos) apontou que um estilo de vida ativo pode proteger contra o declínio cognitivo no envelhecimento. [1]

De acordo com o estudo, uma abordagem multimodal baseada em atividades físicas, mentais e sociais simultâneas pode ser uma estratégia útil que tem efeitos benéficos no humor e na cognição. 

Como estimular sua capacidade de raciocínio

Praticar exercícios mentais, mesmo como forma de lazer ou distração, podem ser muito benéficos para a saúde do cérebro e para estimular suas funções cognitivas. Pode não parecer, mas muitos jogos de celular e os tradicionais jogos da infância são bons utilitários para quem deseja melhorar a agilidade, memória e raciocínio, assim como melhorar a capacidades para tomar decisões e resolver enigmas rapidamente.

Geralmente, os jogos promovem uma melhor capacidade de manter o foco e isso é a base para reforçar as sinapses e deixar o raciocínio mais rápido, o qual promove em cadeia mais capacidade de pensar, de ser criativo e de armazenar informações. Alguns deles são:

  1. Caça-palavras
  2. Sudoku
  3. Tetris
  4. 2048
  5. Candy Crush Saga
  6. Jogo de 7 Erros

Além disso, ler um livro, uma revista ou algo que seja do seu interesse, assistir um filme ou estudar sobre algo que você não tinha conhecimento, são ótimas formas de estimular sua capacidade de raciocínio. Se quiser avivar ainda mais essas atividades, você pode contar sobre os seus aprendizados e experiências para outra pessoa.

Quais capacidades cognitivas podem ser treinadas?

O alto desempenho cognitivo pode ser alcançado pelo treinamento de uma ampla gama de habilidades ou pelo fortalecimento de habilidades específicas que, em função de nossas necessidades, sejam mais interessantes. Algumas dessas funções cognitivas são:

  • Atenção: capacidade de gerar, selecionar, direcionar e manter um nível de ativação adequado para processar as informações relevantes.
  • Raciocínio: capacidade de resolver problemas, extrair conclusões e aprender conscientemente com os acontecimentos, de forma que possamos estabelecer relações causais e lógicas.
  • Velocidade de processamento: capacidade que estabelece a relação entre a execução cognitiva e o tempo investido. Possibilita o processamento de informações de forma rápida e automática
  • Percepção: codifica e coordena diferentes sensações elementares para dar-lhes significado.

Como melhorar o desempenho cognitivo

Além das atividades de estímulo, uma série de atitudes e hábitos estão diretamente relacionados a um melhor desempenho cognitivo. Juntas, essas atividades são capazes de melhorar o bem-estar físico e cognitivo, auxiliando também na boa saúde. Por isso, separamos uma lista prática para você incluir na sua rotina e melhorar a sua cognição:

  1. Dormir bem;
  2. Beber café;
  3. Praticar atividades físicas regularmente;
  4. Manter uma dieta saudável e rica em ômega-3;
  5. Encontrar novas formas de desafiar a si próprio.

1. Tenha um descanso de qualidade 

Insônia, ansiedade e estresse são problemas recorrentes na sociedade moderna. Fatores como um fluxo de informação cada vez mais rápido e difícil de absorver, as pressões sofridas nos ambientes sociais, além dos maus hábitos que costumam ser praticados por uma grande parcela da população, estimulam o aparecimento de problemas relacionados ao sono.

Dormir mal ou pouco afeta o nosso cérebro, nos deixando cansados e desconcentrados. Além disso, a longo prazo, essa privação também pode prejudicar o desempenho cognitivo de forma mais grave, podendo promover o desenvolvimento de doenças neurodegenerativas.

Priorizar rotinas com noites de sono com qualidade é vital para nossa saúde e bem-estar, principalmente cognitivo, pois é nesse momento que o cérebro libera vários hormônios, limpa resíduos celulares e repara células cerebrais danificadas.

Leia mais em Sleep hacking: dicas e práticas para melhorar seu sono

2. Consuma cafeína

O consumo de bebidas cafeinadas, tais como café e chá, está associado a benefícios de curto e longo prazo, entre eles: maior estado de alerta mental e melhoria do desempenho cognitivo, otimização da vigilância e do tempo de reação, além de um melhor desempenho físico.

Uma das razões pelas quais tantas pessoas consomem regularmente a cafeína é que ela é capaz de aumentar a energia mental e a capacidade de concentração, principalmente quando os indivíduos estão fatigados. Além disso, outros neurotransmissores são liberados ao tomar café, fazendo com que o humor, o tempo de reação e a memória melhorem.

Diferentes estudos já observaram que seu consumo habitual provoca um melhor desempenho cognitivo, além de aumentar significativamente a formação de conceitos, raciocínio, orientação, atenção e percepção em indivíduos com jet lag ou distúrbio de trabalho.

Continue lendo este artigo em Benefícios do sono de acordo com a ciência

3. Pratique atividade física diariamente

Se exercitar regularmente é interessante para melhorar e proteger a função cerebral. A atividade física aumenta as sinapses e ajuda na formação de novas células. Além disso, proporciona uma boa saúde cardiovascular, que faz com que você transporte mais oxigênio e glicose para o seu cérebro, ajudando a formar novas conexões neurais no hipocampo, que é um segmento importante do cérebro que dá suporte à memória.

4. Mantenha uma alimentação balanceada

Uma alimentação desregrada (rica em alimentos inflamatórios) pode vir acompanhada de falta de ânimo, déficit no aprendizado e na capacidade de atenção. Isso significa que a forma como o sistema imunológico reage a essa inflamação está diretamente ligada às nossas emoções e os processos cognitivos, relacionando-se também com o desenvolvimento de distúrbios neurológicos e psiquiátricos.

Assim, manter uma rotina alimentar com baixa ingestão de carboidratos, focada na ingestão de proteínas de qualidade, vitaminas e minerais gera ganhos para o corpo e a mente. Além disso, alimentos ricos em ômega-3, como salmão, cavala ou sardinha, desempenham uma função essencial no funcionamento do cérebro, especialmente na memória e nas atividades do dia a dia.

Conheça os guias da dieta low carb e da dieta cetogênica e saiba como montar um cardápio gostoso, saudável e altamente funcional.

5. Desafie sua melhor versão

Novas experiências e desafios são formas interessantes de estimular o cérebro. Se desafiar em coisas novas, como praticar um esporte ou aprender algo totalmente inédito, podem aumentar a flexibilidade do cérebro. Além disso, a interação social também é muito importante na melhora do desempenho cognitivo. 

Existem inúmeras possibilidades de vivenciar coisas novas, tirando sua mente da zona de conforto. Busque novas músicas, novos livros, novos filmes, vá a lugares diferentes. Saia da rotina e observe como o seu cérebro reage a esses novos estímulos.

Post relacionado: Guia rápido para desbloquear o potencial pleno da sua mente

Quem pode se beneficiar com o alto desempenho cognitivo

O objetivo de melhorar a qualidade de vida por meio da obtenção de um bem-estar cognitivo adequado é assunto comum entre diferentes grupos sociais. Assim, a população que pode se beneficiar ao buscar um melhor desempenho cognitivo é muito ampla, os principais são:

Estudantes

Cada vez mais os jovens tomam consciência da importância de uma boa preparação na hora de entrar no mercado de trabalho e, uma vez empregados, manter bons níveis de trabalho para alcançar bons resultados. Esses jovens profissionais são motivados a buscar todas as formas possíveis de melhorar seu desempenho cognitivo.

Profissionais 

Profissionais de diferentes áreas são submetidos a altas e exigentes demandas de trabalho, precisando lidar com o gerenciamento de múltiplas tarefas ao mesmo tempo. Além disso, estão continuamente expostos a diferentes estímulos que competem por sua atenção, necessitando de melhor capacidade para administrar seus recursos e alcançar respostas adequadas. Portanto, estimular as boas funções mentais ajudam a tolerar essas demandas e finalizar o trabalho de forma satisfatória.

Atletas de alto nível

Um bom treinamento mental é fundamental para manter as capacidades cognitivas e as funções executivas em níveis elevados. Melhoria da atenção, concentração, velocidade de processamento, raciocínio crítico, etc. são aspectos importantes deste tipo de atividade em que decisões importantes, algumas vezes, precisam ser tomadas em apenas alguns segundos.

Por fim, o alinhamento de todos esses aspectos na sua rotina podem favorecer significativamente o desenvolvimento e o fortalecimento das suas funções cognitivas, melhorando aspectos como atenção e concentração, foco e velocidade de processamento. Essas capacidades podem ajudar a gerenciar o estresse ou pressão, oferecendo maior predisposição para lidar com todos os fatores do seu dia a dia de forma efetiva e satisfatória. E sempre que precisar de um aliado para aumentar sua performance, conte com os benefícios do SuperCoffee.

Post relacionado: SuperCoffee 2.0: nunca foi tão fácil alcançar sua melhor versão

Autor:
Caffeine Academy